domingo, 24 de novembro de 2013

Estou aqui pra brincadeira

Daquele que faz as coisas de forma bem feita,
Que leva a sério o que faz,
Diz-se que “não está para brincadeira”.
Ora, nesse sentido,
Não se sabe em que se diferencia
O trabalho do ser humano
Do da máquina,
Quando, na verdade, o que nos caracteriza,
É justamente a poiesis grega,
Lúdica e criativa por natureza.
Criar e fazer é, necessariamente, ter prazer.
Por isso, contra esse saber corrompido, eu digo:
Sim, eu estou pra brincadeira!
Sim, eu vim ao mundo a passeio!
Postar um comentário