segunda-feira, 24 de novembro de 2014

O querer

Não, não sei
O que quero dessa vida
Se é exatamente esta
A brincadeira
Acaso soubesse
Ela perderia
Toda a graça
E eu não sou estraga-prazeres
Nem me agrada azedar
Surpresas
Postar um comentário