quarta-feira, 31 de julho de 2013

Porque poetizar

Pare um minuto de seu dia
Para ler uma linda poesia
Quebre esta insana rotina
E faça as pazes com a vida

As palavras, ditas e escritas
São encantadas com magia
E sua mágica é trazer alegria
Para quem vive de desditas

As poesias fazem companhia
São amigas nas horas infindas
Preenchem as vastidões vazias

Alegram com passos de bailarina
Tornam fatos chatos alegorias
Distraem a carrancuda monotonia

Fazem da realidade fantasia
Bordam o sonho com maestria
Unem os extremos de uma linha

Aquietam um coração em disritmia
Põem sentimentos em sintonia
Revivem momentos de nostalgia

Ajudam a suportar a travessia
Alumiam quando já não é de dia
Abrigam durante e após a ventania

Reconstroem uma história em ruínas
Elevam os chãos pontos de vista
Retificam as nossas vãs filosofias

Curam os golpes que a pele não cicatriza
Punem a maldade que nos sevicia
Forram de comida a barriga em carestia

Poesias são como mães enternecidas
Sempre prontas a nos fazer carícias
A nos aconchegar nas noites frias
Postar um comentário