quarta-feira, 3 de julho de 2013

Conjugando o amor

Eu me obrigo a acreditar
Que o amor existe e está vivo
Não apenas como substantivo,
Coisa concreta, com causa e efeito
Mas como o verbo amar
Não como objeto, passivo
Nem somente como sujeito
Com nome próprio e adjetivo
Amor é a ação de amar
Não precisa de complemento
É verbo intransitivo
Tem em si sentido completo
Que só existe em ato coletivo
Pois o amor, tal como o verbo,
Deve ser conjugado
E não pode ser flexionado
Senão com todos nós unidos
Eu, tu, elx, nós...
Postar um comentário