sexta-feira, 28 de março de 2014

Créditos

- Essas poesias são suas?
- Minhas, não.
- Foram escritas por quem, então?
- Por mim.
- Ora, então são suas.
- Não. Um poema não pode ser de ninguém. E eu gosto de pensar que sou apenas um coautor, e nem sempre o mais importante deles.
- Blá!
- Essas poesias carregam um pouquinho de cada pessoa que cruzou o meu caminho; foram escritas a milhares de mãos.
Postar um comentário