quarta-feira, 27 de maio de 2015

Multicolor

Uns querem vermelho
Outros, azul
Mas que chato seria
Acaso existisse, da cor
Apenas um
Tom ou outro
Sem variação
Sem diversidade
Vira tudo cinza
Pois a coloração é relativa
Ela só faz sentido
Pra quem vê
Arco-íris
Azul é belo
Porque existe vermelho
O contrário sendo igualmente verdadeiro
O que há de mais bonito
No diverso
É que se pode escolher
Entre tantas possibilidades
Aquilo que eu quero
E sobra todo um espectro
Pra ser novamente escolhido
Afinal, quem tem medo
Da diversidade
Se o mundo é todo colorido?
Entre tantas bandeiras monocromáticas
A única que representa toda a humanidade
É a da luta LGBT
Postar um comentário